quinta-feira, 31 de maio de 2012

US TEM NOVA VEREADORA: FUROU A FILA, ASSUMIU NA QUARTA E TALVEZ JÁ FALTE NA SEXTA

Com a impossibilidade do vereador Souza continuar a desempenhar suas funções devido a problemas de saúde, Urbano Santos tem uma nova vereadora, trata-se da 2ª. Suplente Maria Fátima Diniz Souza, conhecida como Fátima da Niza, isso mesmo 2ª. Suplente.

Fátima assumiu furando a fila na última quarta e já poderá faltar na sua primeira sessão amanhã (sexta, 01), caso siga a estratégia de seu grupo político que vem faltando sistematicamente às sessões para não votar a autorização de contratos pelo executivo e para não aprovar a instalação do Banco do Brasil na cidade, o que favoreceria a imagem da atual administração. Fazem parte desse conluio: Ariston Léda, Vanuza Mesquita, Elza da Cajazeiras e Gerardo Amélio.
 
GERARDO E MAIS UMA DE SUAS PERIPÉCIAS A MANDO DO FUTI

O presidente da Câmara, Gerardo Amélio, deu posse à Fátima da Niza na última quarta-feira “pulando” a vez da 1ª. Suplente a Sra. Maria da Natividade Correia Nunes, conhecida como Nati do Quirino, simplesmente pelo fato da suplente não mais pertencer ao grupo político que hoje Amélio faz parte.
Nati mudou de partido e assim teria incorrido em infidelidade partidária, porém não cabe ao presidente da Câmara julgar antecipadamente infidelidade partidária e sim ao TRE, Gerardo deveria ter dado posse a Nati e, posteriormente Niza deveria recorrer para cassar Nati na justiça, assim Nati teria o direito de defesa que, da forma que foi feito não teve.

Poderia Nati, por exemplo, alegar perseguição partidária e manter seu mandato mesmo tendo mudado de partido.

Tirando que elas se parecem...
De quem é a vez?
Da Niza ou da Nati?

quarta-feira, 30 de maio de 2012

NÚCLEO DO SINPROESEMMA DE URBANO SANTOS INAUGURA BLOG NA INTERNET

Acesse:
COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

LESTE MARANHENSE,REGIÃO ONDE SE ENCONTRA URBANO SANTOS, GANHA MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL


O município de Chapadinha, bem como, toda a região do Baixo Parnaíba, foi presenteado recentemente, com o primeiro Museu de História Natural do Leste Maranhense.
Implantado na área do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA (CCAA), o museu é resultante de um importante projeto de pesquisa e extensão, aprovados com recurso da FAPEMA e, coordenado pelo Biólogo, Doutor e Mestre em Ecologia pela UNICAMP – Jivanildo Pinheiro Miranda, professor de Ciências Biológicas do Campus IV, em Chapadinha.

Em entrevista ao Blog Ações e Destaques, o idealizador do projeto, afirmou que o propósito do museu é contribuir com a educação de crianças e jovens de Chapadinha, conscientizando-as desde cedo, sobre a problemática ambiental e a importância da Ciência para o desenvolvimento de qualquer tipo de entidade.

Quanto às visitações, Jivanildo Miranda, informou que o público só terá mais informações sobre os horários e os dias para conferir as exposições, após o lançamento do site do Museu, o que deverá acontecer dentro de alguns dias. No entanto, o pesquisador, nos adiantou que, a proposta inicial, é receber os visitantes, sempre aos sábados, pela manhã. Por meio do site, as pessoas também terão acesso aos contatos telefônicos para agendamentos de grupos escolares, que queiram assistir às exposições.

O coordenador do projeto de pesquisa sobre diversidade e conservação da Herpetofauna em áreas de Cerrado na região de Chapadinha, MA, ressaltou que o mérito pelo funcionamento do museu é essencialmente dos alunos do curso de Ciências Biológicas do CCAA/UFMA.
 
“Eles se deram de corpo e alma para desenvolver toda essa exposição que une contribuições no âmbito da pesquisa de vários alunos e professores, é também um projeto de extensão, e conta também com materiais procedentes das disciplinas que desenvolvemos no Campus IV da UFMA/ Chapadinha,” destacou o coordenador do projeto.

 O Museu de História Natural do Leste Maranhense, segundo Jivanildo Miranda, é um importante elemento de conexão entre a universidade e a sociedade das microrregiões do leste do Maranhão, pois cumpre o terceiro e mais importante papel da Universidade, a extensão.

  “Que é levar para a comunidade que não estuda na universidade, que não participa da universidade de uma forma direta, uma retribuição pelos impostos que eles exercem como contribuintes e cidadãos que merecem o nosso retorno.”
O museu também dispõe de ambientações lúdicas de diversos ecossistemas, recriadas a partir de materiais recicláveis.  
“A gente tem uma discussão bem ampla dessa problemática da conservação das espécies, da emissão de carbono, poluentes e, nesse sentido a gente enfatiza o papel de extrema importância que tem ao reaproveitamento de materiais da reciclagem para coibir a produção de novos danos aos sistemas naturais,” finalizou Jivanildo Miranda que já foi destaque na mídia internacional, no ano de 2008, pela sua tese de doutorado sobre a região dos Lençóis Maranhenses.
A tese foi destaque de um documentário científico, chamado “Mistery of White Dunes,” dirigido pelo premiado cineasta japonês, Satoshi Okabe e vem sendo exibido no Brasil por meio dos canais por assinatura, NHK e Discovery Channel.

Mas, voltando ao Museu de História Natural do Leste Maranhense, quem participou da Reunião Regional da SBPC, sediada em Chapadinha, teve a oportunidade de ver, em primeira mão, as peças do rico acervo do CCAA/UFMA, expostas ao público.
 Fonte: acoesedestaques.blogspot.com.br

CONFIRMADO: NOVO FELIPÃO DIA 09 EM URBANO SANTOS-MA

COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

terça-feira, 29 de maio de 2012

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DIVULGA BALANÇO DE ATENDIMENTOS E BENEFÍCIOS

BOLSA FAMILIA
  • 160 famílias beneficiadas no mês de maio de 2012 com cartão do bolsa família;
  • 128 cadastros lançados no sistema no mês de maio de 2012;
  • 348 famílias atendidas no mês de maio de 2012;
PROJOVEM
  • 15 jovens inseridos no projeto Social de Inclusão e acesso à informática, através do Centro de Inclusão Digital- CESID, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social.
    Foram beneficiadas de Janeiro a Maio de 2012,  499 famílias graças ao Trabalho e compromisso que vem sendo desenvolvido pelos profissionais da Secretaria na Gestão da Secretária de Assistência Social Tetinha Martins.
    a secretaria informa que a lista dos beneficiados está disponivél no CRAS (Centro de Referência de Assistêncial Social) localizado na Rua Dr. Mota Júnior, 58 - Centro.
    COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

segunda-feira, 28 de maio de 2012

FORMAÇÃO PROFISSIONAL E EMPREGO: PROGRAMA CAPACITAR ABRE INSCRIÇÕES NO PENEIRÃO


O PROGRAMA É DE GRAÇA, NÃO TEM MENSALIDADE NEM TAXAS, NÃO ACEITE INTERFERÊNCIA DE CANDIDATOS A VEREADOR, VÁ DIRETO AO PENEIRÃO.

Iniciado o processo seletivo para o Programa Capacitar nos municípios de Chapadinha, São Benedito do Rio Preto e Urbano Santos. 

O SENAI, instituição responsável pela execução do programa, informa que os interessados terão de 28 de maio a 1º de junho para fazer a inscrição nas três cidades maranhenses.

Serão oferecidas de 1.060 vagas em cursos de formação de profissionais nas ocupações de pedreiro, mecânico, instrumentista, eletricista, pintor, na área de Construção Civil e nas ocupações relacionadas ao setor de Montagem Industrial.

Para participar do processo, o interessado deve ser maior de 18 anos, apresentar cópia da identidade e CPF, além de ter os comprovantes de residência e escolaridade. As aulas acontecerão nos três municípios, com início no primeiro semestre de 2012. Os cursos são gratuitos e os participantes terão direito a material didático, uniforme e lanche.

No segmento da construção civil serão oferecidas vagas para os cursos de armador de ferragem, carpinteiro, instalador hidrosanitário, pedreiro, pintor e montador de andaime. Para a área de montagem industrial, os cursos serão nas áreas de caldeireiro, eletricista de força e controle, eletricista instrumentalista auxiliar, eletricista montador, instrumentalista montador, mecânico e encanador industrial.

O atendimento para inscrição será das 8h às 12h e das 14h às 18h no Peneirão.
O Programa:

O Capacitar é uma parceria entre o Governo do Estado do MA, através das secretarias de Trabalho e Economia Solidária (Setres), e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (Sedinc), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) e Grupo Suzano. Faz parte do Maranhão Profissional, programa de gestão de vagas de qualificação profissional desenvolvido pelo Governo em parceria com a iniciativa privada, com a sociedade civil organizada e com o Sistema S.

Com o programa, espera-se implantar um modelo integrado de cadastramento e qualificação de pessoas, reunindo num banco de dados, profissionais qualificados, proporcionando melhor qualidade técnica para as empresas locais - a exemplo do que já ocorre em Imperatriz.
Fonte: Jornal Pequeno, com adaptações.
COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

AS VOLTAS QUE O MUNDO DÁ: LÉA LÉDA NO NOVO PENEIRÃO, NO SHOW DO PE. ANTÔNIO DE PÁDUA...

 ASSISTA:
 O Peneirão voltou a ser Para Todos os cidadãos, sejam eles de Urbano Santos ou não, 
desde o dia 17 de fevereiro. 
 
ANTES 

AGORA
 
COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

sábado, 26 de maio de 2012

VOTE NAS ENQUETES DO FACEBOOK...

NA SUA OPINIÃO, QUAL O MELHOR VEREADOR DE URBANO SANTOS? 
VOTE AGORA

SE AS ELEIÇÕES FOSSEM HOJE E AS CANDIDATAS FOSSEM ESTAS, EM QUEM VOCÊ VOTARIA PARA PREFEITA DE URBANO SANTOS-MA?

 VOTE AGORA

13 PT IRACEMA x LÉA LÉDA PTB 14

COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

 

quarta-feira, 23 de maio de 2012

PROJETO DE CRIAÇÃO DE GALINHAS CAIPIRAS FAZ SUCESSO NA PANELA DOS URBANOSANTENSES


A criação de pequenos animais na zona rural se apresenta como uma garantia de segurança alimentar e geração de renda para inúmeras comunidades que dispõem de parcos recursos tanto financeiro como tecnológico para desenvolver seus projetos.

A comunidade de São Raimundo, município de Urbano Santos, experimentou durante o ano de 2010 e começo de 2011 uma série de discussões em conjunto com o Fórum Carajás que tratava de temas como o processo de desapropriação da propriedade onde residem e do beneficiamento dos recursos naturais encontrados na região. 

Esses temas, de forma alguma, representavam alguma novidade para a comunidade, afinal desde 2005 que os moradores pelejavam pela posse da terra junto ao Incra e pela preservação dos buritizais e dos bacurizais.

Por certo, as discussões introduziam elementos ainda desconhecidos, no caso, o manejo das brotações de bacurizeiros como forma de preservação do solo e a consequente obtenção de mais frutos em uma área marcada por capoeiras.

De qualquer forma, as apropriações da desapropriação da propriedade para fins de reforma agrária e o manejo de brotação de bacurizeiros em áreas de capoeira como temáticas de discussão expunham as circunstâncias sociais e econômicas em que a comunidade de São Raimundo se metera nos anos posteriores a 2005.

Mangabeirinha-US, Seu Zé Crispin na farinhada.
Entre tantas comunidades do Baixo Parnaiba, a comunidade de São Raimundo se revelou um prodígio. Por ser uma comunidade pequena e bastante religiosa, São Raimundo obteve um grau elevado de mobilização e organicidade não só para combater os desmatamentos em sua área e nas das outras comunidades vizinhas como também para resplandecer em projetos como o de manejo de brotação de bacurizeiros.

Essa mobilização e essa organicidade de São Raimundo feriam as demais comunidades, aparentemente, por provarem o quanto a comunidade se esforçara com todo o afinco bem mais que todas as outras.


Afora a ciumeira e a gritaria geral, a mobilização e a organicidade se entremearam com mais ardor do que se suporia na própria defesa do território, por menor que seja, quando, por exemplo, um adversário ateou fogo na área do projeto de manejo de brotação de bacurizeiros. Depois disso ficou como questão de honra proteger a área de outras futuras tentativas.

Manejo do Bacurizal, se cada eucalipto fosse bacuri...
A área do projeto ocupa meio hectare da Chapada pertencente a comunidade de São Raimundo. Chega a ser pouco bem ou mal comparando com os 800 hectares de toda a Chapada. Pretendia-se com a área tecer um parâmetro sobre o grau de compatibilidade entre as formações florestais e os plantios das culturas tradicionais, ou seja, conjugar os esforços na manutenção do extrativismo do bacuri e na produção de alimentos. As práticas tradicionais da agricultura familiar implicavam na derrubada de pequenos trechos da floresta para exercerem seu ofÍcio. Esses trechos são justamente os mais profícuos em termos da biodiversidade.

Encerrou-se o projeto de manejo de brotação de bacurizeiros em São Raimundo no mês de fevereiro de 2011 e ficaram as dúvidas de como prosseguir com os propósitos do projeto que não se reduziam apenas ao manejo de bacurizeiros e sim congregavam propostas mais amplas de ligarem conhecimento tradicional e tecnologias de impacto social. Tomando por base o conhecimento adquirido durante o projeto, a comunidade constituiu uma roça agroecológica. Os membros da associação plantaram arroz consorciado com espécies frutíferas.

Tecnológia de baixo custo e fácil acesso.
Num quadro desolador de desmatamento em larga escala para a implantação de projetos de monocultura na bacia do rio Preguiças, buscava-se recursos para a continuidade das atividades em São Raimundo bem como em outras comunidades também assistidas pelo Fórum Carajás. Aprontara-se um projeto para as comunidades de Santa Quitéria em 2008 pelas mãos da agrônoma Georgeana Carvalho. O escopo do projeto se formatara no manejo de colmeias para produção de mel de abelhas nativas. A organização alemã ASW aprovou o projeto em 2011.

As comunidades se motivariam a contento para um projeto de manejo de colmeias de abelhas nativas? Pelas características dessas comunidades, dissociar projetos de cunho produtivo das suas características intrínsecas incorreria em um erro brutal. E que características são essas? O agricultor familiar produz essencialmente para seu consumo e nessa perspectiva ele vende o que produz por um preço aquém de todo percurso empreendido por ele ao longo da jornada trabalhista, mas essencial para a sua suposição de que o seu produto é interessante para o mercado. O manejo de colmeias dificilmente se encaixaria nessa suposição.

Pelas declarações das comunidades de Urbano Santos e Santa Quitéria, a criação de galinha caipira acarretaria emgeração de renda o ano todo preenchendo o restante dos meses no qual o extrativismo de frutas se retrai. Por coincidência, na mesma época, a equipe do Fórum Carajás se cientificou que o técnico em agropecuária Antonio Anisio, ex-técnico da Tijupá, desenvolvia projetos de galinha caipira no Instituto Federal do Maranhão por um custo muito baixo.

Forrageira, item de maior custo.
A primeira leva de criatórios de galinha caipira atenderá dez comunidades de Urbano Santos, Santa Quitéria, Buriti de Inácia Vaz, São Bernardo e Barreirinhas. Dez indivíduos se responsabilizam pela construção do galinheiro num tempo que absorve dois meses de suas vidas. Os galinheiros de São Raimundo e Mangabeirinha, município de Urbano Santos, foram erguidos e contam com quarenta pintos cada um. As comunidades de Coceira e Baixão da Coceira, município de Santa Quitéria, movimentam vários feixes de madeira para cercarem os galinheiros se preparando para receberem os pintos de um dia. As próximas comunidades do Baixo Parnaiba a acolherem os galinheiros serão Bracinho, município de Anapurus, Carrancas e Belém, município de Buriti de Inácia Vaz, Enxu, município de São Bernado, e Anajás dos Garcês e Braço, município de Barreirin has. As comunidades atendidas pelo Fórum Carajás se insurgem contra as monoculturas em seus territórios de extrativismo e de roça. Ao todo os dez galinheiros proporcionarão segurança alimentar e alguma renda para quinhentas pessoas.

Concedem-se os custos mais altos da construção de um criatório de galinha caipira na compra de uma forrageira, um equipamento capaz de quebrar sementes de milho e sementes de coco babaçu, os quais as comunidades servem como alimentação para os pintos, e no pagamento do assessor técnico que acompanha os projetos desde seu nascimento até depois do parto e o parto nesse caso se refere ao momento em que as galinhas põem seus ovos. A fase de poedeira não encerra o projeto técnico. Os ovos vão para a chocadeira e assim sempre haverá pintos recém-nascidos, pintos na fase de crescimento, pintos na fase de terminação e galinhas pondo.

Por ser um galinheiro rústico, ou seja, um galinheiro que guarda semelhanças com outras construções da comunidade, os moradores trazem os recursos materiais como madeira, por exemplo, das suas áreas de Chapada e das suas áreas de baixões. Com certeza, o trabalho é muito cansativo. Não é só trazer. Imagine o que é cercar a área do galinheiro, dividir as áreas de pasto dos pintos de acordo com seu tamanho e cercar a casa. Tudo isso depende de muita madeira e muita energia. Qualquer auxilio é valioso para as comunidades.

Criatório rústico, ambientalmente adequado.
O criatório de galinha caipira ocupa uma área pequena dentro do território da comunidade, contudo os seus efeitos se multiplicam tanto internamente como externamente. A externalidade do projeto assombra os próprios participantes assim como os seus visitantes. A comunidade de São Raimundo recebeu visitas de pessoas de outras comunidades de Urbano Santos encantadas pela estrutura e pela dimensão de um projeto que se erigiu em menos de dois meses. A comunidade de Belém, município de Buriti de Inácia Vaz, deve bater o recorde de São Raimundo. Um dos moradores de Belém travara conhecimento sobre as bases do galinheiro pelo contato com as cartilhas da Embrapa e depois da primeira reunião sobre o projeto com a comunidade e com o Fórum Carajás iniciara a construção. A perspectiva é de que em menos de um mês já esteja pronto. 

Por Mayron Régis, jornalista e articulador do projeto.
COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK
 

terça-feira, 22 de maio de 2012

NÚCLEO DO SINPROESEMMA REALIZARÁ ELEIÇÃO PARA NOVA DIRETORIA SEXTA-FEIRA

Será uma eleição apenas para referendar a única chapa inscrita.

Apesar de enfretar uma série de críticas, a maioria delas infundadas, a atual gestão do Núcleo não tem oposição a altura de enfrentar uma disputa eleitoral... certamente vão continuar falando apenas nos bastidores.

A equipe da atual gestão e o trabalho do professor Clemilton ficam assim consagrados, pela categoria e pela comunidade urbanosantense que sabe reconhecer essa atuação, voltada não apenas para a luta sindical da classe, mas para todos os problemas que aflingiram Urbano Santos nos últimos tempos.

Parabéns Clemilton Barros Araújo e a toda diretoria da gestão que sai, boa sorte aos que entram.
  
Eleição: 
dia 25 de maio, das 8h ao meio dia.
Profº Jurandir - Coordenador
Profº Teônis - Vice
Profº Gilbeonilton - Tesoureiro
Profª Regina - Secretária
Profº Edilberto - Secretário de Imprensa
Profª Doriana - Secretária de Formação Sindical
Profª Francilene - Secretária de Serviços Técnicos e 
Apoio: Profº João e Profº Acássio
COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

CONSTRUTORA SE REUNIRÁ COM BENEFICIÁRIOS DO RESIDENCIAL DA CONSULTORIA CARLOS LIMA AMANHÃ(23/MAIO) ÀS 17 HS NO PENEIRÃO.

COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

sexta-feira, 18 de maio de 2012

DIANTE DOS ÚLTIMOS ABSURDOS DA CÂMARA MUNICIPAL A PERGUNTA VEM:

NA SUA OPINIÃO, 
QUAL O MELHOR VEREADOR DE URBANO SANTOS?

ENTRE NO FACEBOOK E VOTE AQUI
Enquete séria é assim, todo mundo mostra a cara! 
 

ACORDO: LIBERADO O SELETIVO MAS CONCURSO PARA PROFESSORES TEM QUE SER FEITO EM NO MÁXIMO 1 ANO.

O secretário estadual de educação João Bernardo Bringel e o promotor de Justiça de Defesa da Educação Paulo Silvestre Avelar Silva firmaram acordo, nesta terça-feira (15), para realização de concurso público com 3 mil vagas para professores do ensino médio. O secretário adjunto de educação de projetos especiais Almir Coelho também firmou o termo.

A Secretaria de Estado de Educação se comprometeu a realizar no prazo de um ano o certame. Assim que o edital for lançado, o Ministério Público vai pedir a suspensão da ação que tramita na 4ª Vara da Fazenda Pública onde questiona a contratação de docentes em processo seletivo simplificado.

Liminar – Os processos seletivos simplificados para a contratação de professores na rede estadual de ensino foram suspensos, em abril, por decisão liminar da 4ª Vara da Fazenda Pública. A decisão foi resultado de Ação Civil Pública, ajuizada pelo MPMA, contra o Estado do Maranhão.

"O concurso público é o meio legal para contratação de servidores. Na educação, o vínculo temporário contribui para o sucateamento do setor e fere princípios constitucionais, como a isonomia, que garante as mesmas condições de acesso a todos os cidadãos", afirma o promotor de Justiça Paulo Silvestre Avelar Silva.

Redação: Johelton Gomes (CCOM-MPMA)

COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

VEREADORES BRINCAM DE REPRESENTAR A POPULAÇÃO E JÁ VÃO COM MAIS FALTAS DO QUE PRESENÇAS NOS ÚLTIMOS 60 DIAS



MAIS UMA SEXTA SEM SESSÃO, SONHO DO BANCO DO BRASIL VAI FICANDO CADA VEZ MAIS DISTANTE.

Alguns vereadores estão brincando de ser vereador, enquanto todos os setores da sociedade urbanosantense se organizam e se mobilizam para melhorar a cidade após vários anos de desorganização generalizada que afetou a todos, a câmara está praticamente parada.

Polícia Militar está trabalhando, Polícia Civil tem feito sua parte, Guarda Municipal tem trabalhado de sol-a-sol.

As Igrejas passam pelos seus melhores momentos, a católica conta até com um terço dedicado aos homens, as evangélicas foram  ou estão sendo ampliadas 

A administração pública finalmente se estabilizou e vem realizando ações em toda a cidade, os Conselhos Municipais estão aos poucos se reestabelecendo, o das Crianças e Adolescentes depois de vários anos parado, voltou a funcionar com novos representantes, já se vem falando até de um novo Conselho importantíssimo para nossa cidade, o Conselho Municipal de Segurança.

Empresas privadas dão sua contribuição para o progresso da cidade, escolas, hospital e postos de saúde finalmente voltarão a normalidade, sindicatos e ONG's são uma realidade irreversível.

E a Câmara de vereadores? 

A Câmara vai na contra-mão de toda essa conjuntura otimista que a cidade passa, alguns vereadores já colecionam mais de 4 faltas nestes últimos 60 dias.

A Câmara não consegue se reunir em decorrência das faltas da maioria, assim não consegue quórum para instalar as sessões e não se reunindo, param a cidade em vários aspectos, um dos principais é a instalação do Banco do Brasil que depende de 3 sessões da casa onde menos se trabalha em Urbano Santos: a Câmara de Vereadores.

Para o caldo terminar de engrossar aumentaram mais 2 vagas no legislativo, seus salários são de 4.200,00 por mês, trabalham apenas as sextas e só pela manhã. Detalhe: quando faltam não tem seus salários descontados.

Os maiores faltosos em ordem de sumiço são: Ariston Léda, Vanuza, Elza e Souza, este último está de licença para tratamento médico. 

Passou da hora de trocarmos quem não quer trabalhar. 
COMENTÁRIOS COM O FACEBOOK

segunda-feira, 14 de maio de 2012

ESCOLINHA DE VIOLÃO PARA INICIANTES


Jovens de Urbano Santos meu nome é Kleybsom Acustic. Eu abri em nossa cidade a primeira escolinha de violão pra iniciantes e intermediários. 

Se você e um jovem que é apaixonado por música e gostaria de tocar violão venha para Escola de Violão para Iniciantes. 


O investimento é R$ 20,00 e as aulas são 3 por semana, início imediato. Rua Nossa Senhora Aparecida - N° 271 Centro. Fone (98) 9966.0721.

Visite a Fan Page da Escolinha no facebook aqui


domingo, 13 de maio de 2012

FATOS E FOTOS DA SEMANA

ESPORTE: 
TORNEIO ATRAI JOVENS PARA O COMPLEXO ESPORTIVO
 

 DIA DAS MÃES:
NOVO PENEIRÃO LOTA PARA CONFRATERNIZAÇÃO

quarta-feira, 9 de maio de 2012

SUZANO APRESENTA PROJETO DE FÁBRICA DE PELLETS À FIEMA, CURSOS DO SENAI PARA O PROJETO ESTÁ SELECIONANDO PROFESSORES (CAPACITAR).

Executivos da Suzano Energia Renovável estiveram na Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) para apresentar o projeto da fábrica de pellets de madeira aos diretores da casa. Na apresentação, eles informaram que a empresa está no Maranhão desde os anos 80, pesquisando a melhor forma de adaptar o eucalipto ao clima e solo da região do Baixo Parnaíba. O investimento para unidade industrial é de R$ 650 milhões.

O projeto, que inclui a construção de uma planta industrial, tem reservas florestais próprias e visa atender o mercado europeu de geração de energia termoelétrica, que hoje está substituindo o carvão mineral por pellets de madeira, como os que serão produzidos no Maranhão.

O combustível, à base de biomassa produzido pela Suzano Energia Renovável, serão os pellets. Trata-se de uma fonte renovável de energia, uma das principais vantagens é contribuir com a redução da emissão de gases do efeito estufa quando comparados à queima de carvão mineral.

Na ocasião, Baldez informou ainda que o Sistema Fiema - formado pela Federação, Sesi, Senai e IEL - está participando da instalação do projeto pela preparação de mão de obra. "O Senai, por meio do programa Capacitar, fará cursos de capacitação para 1.060 alunos na área de construção civil. Os convênios já foram assinados com as prefeituras de Chapadinha, Urbano Santos e São Benedito do Rio Preto e o processo seletivo de professores já está em andamento", finalizou o presidente da Fiema.
 
Segundo o gerente executivo industrial da Suzano Energia Renovável, João Gonchorosky, a planta industrial, que será construída em Chapadinha, deverá entrar em operação em abril de 2014. "Teremos reserva florestal de aproximadamente de 80 mil hectares com plantio de eucalipto para fornecer matéria-prima à fábrica, evitando os riscos de desabastecimento e flutuação de preços enfrentados por nossos concorrentes", afirmou o executivo.

"A capacidade da planta industrial é para produzir 2 milhões de toneladas em pellets e o projeto deverá gerar até 1.750 empregos diretos nas florestas e na planta industrial", completou.

Gonchorosky, disse ainda que o projeto será autossuficiente em energia elétrica por meio da queima de biomassa com capacidade de gerar 50 megawatts e explicou o processo de produção da planta industrial.

"Usamos os primeiros sete metros dos eucaliptos para produção dos pellets. Picamos, secamos, moemos e prensamos a madeira visando obter maior valor energético com a mesma massa, o que viabiliza o transporte dos pellets para grandes distâncias. Depois de pronto, o produto é transportado por rodovia até o Porto do Itaqui e exportado", explicou.
 Fonte: O Imparcial, com adaptações.